9 de dez de 2009

Mais Beirut



Mount Wroclai (Idle Days) - Beirut

Muitos abraços

Muitos abraços é o que fiz na segunda-feira dia 07 de dezembro...Muitos abraços para aquele que nunca se cansa de me dar abraços e mimos. Meu bem Nilinho tava de aniversário só teuma uma coisa a dizer...quem foi, foi quem não foi sinto muito...hahahah!

Parabém meu bem!

3 de dez de 2009

Encontrei, a minha pretinhosidade!

Pretinhosidade
Composição: Mart'nalia e Mombaça

Sim!
Você sabe de mim
Quando eu não tô afim
Quando eu só quero brincar
Não! Sim!
Mesmo que eu diga não
Você não me desdiz
Mas me chama atenção...

Vamos lavar
Toda a roupa suja
E mergulhar de cabeça
Nos armários da ilusão
Riscos vem à tonaE eu pareço um otário
Como você que é uma pedra
Em meu caminho...

Minha pedra preciosa
Minha preciosidade
Minha preciosa idade
Minha presa
Minha fé silenciosa
Meu atalho, meu destino
Minha pretinhosidade
Minha festa!...

Sim!Você sabe de mim
Quando eu não tô afim
Quando eu só quero brincarMas! Sim!
Mesmo que eu diga não
Você não me desdiz
Mas me chama atenção...

Vamos lavar
Toda a roupa suja
E mergulhar de cabeça
Nos armários da ilusão
Riscos vem à tona
E eu pareço um otário
Como você que é uma pedra
Em meu caminho...

Minha pedra preciosa
Minha preciosidade
Minha preciosa idade
Minha presaMinha fé silenciosa
Meu atalho, meu destino
Minha pretinhosidade
Minha festa!
Minha flecha!
Eh!Minha seta!
Minha flecha!

Só posso agradecer...

Obrigado por tudo meu bem... não sei como agradecer tudo que fez...

30 de nov de 2009

Dói....



Se Todos Fossem Iguais A Você
Tom Jobim
Composição: Tom Jobim / Vinicius de Moraes

Vai tua vida
Teu caminho é de paz e amor
A tua vida
É uma linda canção de amor
Abre os teus braços e canta
A última esperança
A esperança divina
De amar em paz

Se todos fossem
Iguais a você
Que maravilha viver
Uma canção pelo ar
Uma mulher a cantar
Uma cidade a cantar, a sorrir, a cantar, a pedir
A beleza de amar
Como o sol, como a flor, como a luz
Amar sem mentir, nem sofrer

Existiria a verdade
Verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você

"Se todos fossem no mundo iguais a você!"


Alguns dizem... "com a morte a dor passa..." outros já dizem que existe dois tipos de dor... a física e a psicológica. Sinto as duas! Sempre disse que quando esse ser maravilhoso partisse parte do melhor de mim iria junto...agora estou sentindo e acho que é verdade!Gostaria que todos no mundo fossem iguais a você!

18 de nov de 2009


Associação Satélite de Prontidão realiza entrega do prêmio “Troféu Zumbi”

Domingo, dia 22 de novembro Dia da Consciência Negra, a partir das 17 horas a Associação Satélite-Prontidão realiza a entrega do “Troféu Zumbi”. Renomeando a saga do herói negro, “Zumbi dos Palmares” o prêmio foi instituído em 1988, com dupla finalidade: homenagear uma pessoa que se destacou por seu trabalho junto à comunidade e divulgar a arte negra, uma vez que a escultura é obra do porto-alegrense Américo de Souza.

O “Troféu Zumbi”, busca a valorização da comunidade negra junto a diversos segmentos da sociedade e estimula a participação em ações que despertem a integração, valorização, solidariedade e compreensão entre os povos. Além de prestar homenagem a pessoas que tenham se destacado por suas obras em prol da comunidade negra.

Nesta edição a homenageada que receberá o “Troféu Zumbi dos Palmares” será a mestre em educação Maria Conceição Lopes Fontoura, integrante do MARIA MULHER - Organização de Mulheres Negras, ONG feminista que desenvolve ações em prol de jovens e mulheres em risco e vulnerabilidade social.


Entrega “Troféu Zumbi”

Data: 22/11 – domingo

Horário: 17 horas

Local: Satélite-Prontidão a Casa da Cultura Negra - Avenida Cel. Aparício Borges, 288
Fone: 3315.1973



Contatos - Nilo Feijó
8137.6282
prontidao@yahoo.com.br

- Isadora Pisoni
9206.8435
isadora.pisoni@hotmail.com

14 de nov de 2009

Inimigos?


Inimigos?
Não tenho, nenhum
E digo mais...
Os poucos que tentaram ser
Acabaram batendo em minha porta
E eu, abri e ofereci uma cadeira para sentar!

10 de nov de 2009

Canto de Ossanha

Uma das fases de Vinicius de Moraes que mais gosto, junto com Baden Powel nascem os afrosambas com instrumentos do Candonblé e da Umbanda misturados com timbres da música braileira. Aí vai a 1º faixa do álbum gravado em 1966.

HaHaHaHa!



Olha deveria me surpreender mas não me surpreendo mais! Esse blog deve ter conteúdos perigosos ou no mínimo que não deixão as pessoas dormir. Vejam vocês que tem gente.. gente? Talvez possa chamar assim, que deixa comentariozinhos mal educados e não tem nem personalidade ou cacife para assinar. Um pressuposto para considerar alguém se chama atitude, bom coragem eu nem falo.

Mais uma!


É essa moça aí em cima chegou aos 76 anos e hoje passou por sua 18º cirurgia... foi barra, na verdade está sendo. Essa coisa que tem linda no nome está há uma semana no hospital, vim pra Caxias devolver um pouco pra ela do que ela fez e faz por mim.

Quando eu era ainda neném ela saia as 6 da manhã de casa com chuva ou sol para me levar até a senhora que me cuidava (já falei dela por aqui a Tia Nena). Passei dezoito quase dezenove anos da minha vida dividindo quarto, almoços, jantas e cafés da manhã com a dona Alzelinda minha vovozinha.

Ela passou por mais uma, está um pouco debilitada amanhã sai da Unidade de Tratamento Intensivo e espero que em breve volte pra casa pois todos estão preocupados, com muita saudade e com muito carinho para dar a ela. Até a Bamboléia(a gatinha da minha vó) está tristinha esperando o retorno!

Te amo demais Dona Alzelinda!

9 de nov de 2009

Adoro os bastidores...


Sutilmente
Composição: Samuel Rosa / Nando Reis

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti (x2)

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

8 de nov de 2009

Eu ainda ei de ser uma estrela... E lá do céu não sofrer


Estrela, Estrela
Composição: Vitor Ramil

Estrela, estrela
Como ser assim
Tão só, tão só
E nunca sofrer
Brilhar, brilhar
quase sem querer
Deixar, deixar,
Ser o que se é

No corpo nu
Da constelação
Estás, estás
Sobre um mas das mãos
E vais e vens
Como um lampião
Ao vento frio
De um lugar qualquer

É bom saber
Que és parte de mim
Assim como és
parte das manhãs
Melhor, melhor
É poder gozar
Da paz, da paz
Que trazes aqui

Eu canto, eu canto
Por poder te ver
No céu, no céu
Como um balão
Eu canto e sei
Que também me vez
Aqui, aqui
Com essa canção

3 de nov de 2009

Até que enfim...

Demorou... A minha mamis estava me devendo essas fotinhos, são de um final de semana em Caxias que o melhor de tudo foi matar a saudade da vovó, ser paraicada um pouquinho pela mãe e ainda ter a melhor companhia possivel ao lado... Meus três amores!



"Cria vergonha nessa cara rapá..."



Fico impressionada com a loucura do ser humano, aliás loucura não! E sim a falta de atitude, hipocrisia e uma série de outros "ias". Olha existem lugares que não admitem de forma alguma usar crianças para se proteger de seus recalques. Digo mais como dizia uma grande amigo rapper..."Toma vergonha nessa cara rapá"... trata de admitir teus fracassos, tuas perdas e vira gente ao invés de brincar de fazer roupinha de boneca.

29 de out de 2009

Mariano Brow no Satélite-Prontidão


Quando ouvimos falar de Charles Brown, Marvin Gaye, Ray Charles, Aretha Franklin, Dianna Ross, Witney Houston e tantos outros astros da soul music,vamos encontrar alguns pontos em comum,como a voz, a cor, o talento.

Mariano foi um garoto que passou pela mesma trajetória de tantos outros astros da música soul ,cantou no coral da igreja Metodista em Vila Conde do Pinhal, participou do conjunto jovem e muitos outros grupos de louvor.

Em 1979 grava o seu primeiro compacto duplo pela Arlequim ,este fato marca o início de sua carreira. Em 1980 é contratado para cantar na colônia judaica e ali permanece por 20 anos. Em 1984 atuando como vocalista do grupo Rices de América gravou mais um LP pela Gravadora Eldorado. Neste mesmo ano participa de uma intensa temporada no teatro Bandeirantes e participa do festival latino Americano em Ultrech, Holanda, estendendo suas apresentações pela Bélgica, Espanha, França e Alemanha. Ainda como vocalista do Raices de América, grava mais 2 LP’s e continua sua trajetória cantando e encantando a todos com um sorriso que se tornou sua marca pessoal.

Em 1991 gravou o LP “ Baila Brasil”, em 1993, grava o LP “ Mariano” pela RGE . A partir deste momento, Mariano dá início a produção independente de seu trabalho , gravando o CD “ Glórias “ e realizando várias apresentações. É neste momento que ele incorpora ao seu nome o termo “ Brow” uma gíria usada pela comunidade negra americana que significa “ Mano”. .

Neste dia 01 de novembro, véspera de feriado Mariano Brow estará no Satélite-Prontidão, acompanhado pelo Grupo Sem Comentários irá trazer clássicos do Swing e Samba-Rock.

Serviço

Show com Mariano Brow,Grupo Sem Comentários, Zorra Total e RS Samba

Data: 01/11 - Sábado

Horário:23h30min

Ingressos:R$12,00 no local

Local:Associação Satélite-Prontidão -A Casa da Cultura Negra
Av. Coronel Aparício Borges,288

28 de out de 2009

Pra matar a saudade -Sempre Chico

Lançamento " Os Zumbis da pedra"

Vale a pena Conferir

Dia: 03/11
Local: Casa do Pensamento - Feira do Livro de Porto Alegre
Horário:14h

Sessão de autógrafos

Dia:15/11
Horário:15h30min
Local: Deck dos autógrafos - Pórtico Central (Área Infanto-Juvenil)

27 de out de 2009

Sempre Milton

Mais um aniver, mais uma primavera...


Não sei se sou eu ou se acontece com todas pessoas. mas quando chega perto do meu aniversário tudo fica estranho, apenas mais um ano. Fico apreensiva, reflexiva sobre o que será dos próximos 10 anos ou o que foi o último. Olha meu aniverário de 24 anos me surpreendeu, muito. Na verdade as imensas mudanças e os giros que a vida dá me fazem hoje pensar cada dia, perdido ou ganho. Cada amigo perdido ou conquistado, cada passo dado e a certeza de que se está no caminho certo. Confesso nesse vai não vai chego a ficar pirada.Bom isso se acentua 100% próximo ao meu aniversário.

Reflexões a parte, foi muito bom este 24° aniversário. Não planejei muita coisa elas aconteceram, com o empurrão de pessoas que em pouco tempo passaram a fazer parte da minha vida, e que porque não dizer que elas se tornaram fundamentais nesse último período.

Os colaboradores do prontidão me surprrenderam com lindas flores, os amigos que fui adquirindo nesse meio tempo fgoram fundamentais para que tudo desse certo, a Mr Funk Samba minha banda do coração junto com os meninos me deram um presentão...Ganhei uma música e claro não faltando o meu Nilo que se desdobrou e quase me tirou umas lágrimas( coisa qyue nã é difícil, na verdade ele tirou sim mas não foi lá) e ainda me deu uma tora de morango com sorvete... hummmmmmmm! Até isso, aos que não sabem a marca de todos meus aniversários é o blo de morango...tudo pode faltar mas ele...

Bom só tenho de dizer muito obrigado....pelos amigos, pelas surpresa, pelo meu amorzinho.






Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho.

Mario Quintana

25 de set de 2009

Resta um moranguinho!


Hahaha!
Essa moranguinho é fofa demais... bom dando uma navegada à toa achei esse site com joguinhos pra quem curte resta um vai a dica!
Só que aqui é resta um moranguinho!Hahaha...
Clica aí!
Jogar

TPM


Haaaaaaaaaaaaghhhh

Nada tá bom, tudo vira choro, tudo encomoda e irrita... que sacoooo! O bom é que é apenas uma vez por mês.

Xôôôôôô TPM

14 de set de 2009

Elephant Gun
Beirut


Se eu fosse jovem, eu fugiria desta cidade
Enterraria meus sonhos no subsolo
Como eu, nós bebemos para morrer, nós bebemos essa noite

Longe de casa, elephant gun*
Vamos derrubá-los um a um
Nós os deitaremos, eles não foram encontrados, não estão por aqui

Que comecem as estações - elas rolam como devem
Que comecem as estações - derrube o grande rei (2x)

E rasgam o silêncio do nosso acampamento à noite
E rasgam a noite

E rasgam o silêncio do nosso acampamento à noite
E rasgam o silêncio, tudo que é deixado é o que eu escondo

*Elephant gun: é uma arma de calibre largo. Ela tem esse nome porque originalmente eram feitas para uso de caçadores de elefantes ou outras caças perigosas

Eu tava devendo!


Eu ja devia ter falado do Viradão Esportivo, por aqui é a nega bacana que vai realizar...

O VIRADÃO ESPORTIVO


O projeto Viradão Esportivo tem abrangência nacional e visa incentivar as mais diversas práticas esportivas, integrando gêneros, religiões, raças e gerações, reafirmando o impacto social e a importância do exercício da cidadania.

É sabido que o esporte consegue incluir jovens na sociedade, formando não só campeões em gramados, pistas e quadras, mas também campeões na vida.

Imbuídos deste espírito realizaremos uma maratona de 32h de práticas esportivas, com o objetivo de fomentar a prática esportiva e utilizar o esporte como ferramenta de inserção e integração social; com um cardápio de atividades e eventos esportivos, sejam eles os mais clássicos, ou os mais atípicos, que nem sempre são de conhecimento do grande público.

Convidaremos toda a sociedade a se mobilizar entorno do objetivo de realizar o Viradão Esportivo. As confederações, federações, associações, clubes, agremiações, Forças Armadas e instituições civis participarão com atividades durante todo o Viradão. A maratona conta com adesão de esportistas, artistas e personalidades de diferentes áreas de atuação, que participarão de desafios e atividades interagindo com o grande público.

Toda e qualquer iniciativa esportiva / modalidade que tiver interesse em participar do Viradão deve se cadastrar através do site www.viradaoesportivo.com.br, recebendo assim a chancela dos organizadores, passando a constar então na programação oficial.

A expansão desse trabalho através de uma grande mobilização esportiva e de cidadania, amplia significativamente o número de envolvidos, além de causar impacto e visibilidade social.

E para envolver toda a sociedade a partir de 2010, anualmente, haverá a escolha de um mascote para representar o Viradão Esportivo.

3 de set de 2009

Joãozinho Carnavalesco


Pra quem achou que ele tinha sumido, trago uma boa notícia!Neste final de semana tem Joãozinho Carnavalesco no Satélite-Prontidão. Encontramos o homem, ex-integrante do Trio Mocotó e do grupo Os Originais do Samba agora volta à Porto Alegre para embalar a véspera de feriado acompanhado pelo grupo Sem Comentários.

Vale a pena prestigiar, e ainda fazer uma festa antes do feriado!

Véspera de feriado com Joãozinho Carnavalesco, Sem Comentários, Zorra Total e RS Samba . Animando a pista DJ Gê Power!

Entrada a R$12,00

Início ás 23h

Ingressos no Local


Satélite-Prontidão a Casa da Cultura Negra
Av. Cel. Aparício Borges, 288 (Nova Perimetral)
Fone: 33151973

13 de ago de 2009

30 de jul de 2009

Pra se programar!

A Nega Bacana realizará no dia 22 de agosto a festa de aniversário da deputada federal Manuela d'Ávila! Nossa a noite promete muita interatividade, música e apresentações circenses!

28 de jul de 2009

Nega Bacana em Ação

Um pouco atrasado mas a correria não está me permitindo alimentar meu blog... Vamos lá!
A Nega Bacana produziu para A CUFA - Central ùnica das Favelas a Liga Internacional de Basquete de Rua - LIBRA e o RPB Festival. Aí vão algumas imagens de toda estrutura montada.










Open Happiness

Bom.. apesar de ser uma futura jornalista outra das minhas paixões é a publicidade simplesmente adorei. A Coca-cola sempre se supera, neste vídeo que leva o slogan da campanha do refrigerante "Open happiness" - "Abra a felicidade" eles reunem diversos artistas entre eles o Gnarls Barkley e ainda usam de desenhos clássicos como Alice no país das maravilhas e o Mágico de Oz.

Achei o máximo! Olha aí!

27 de jul de 2009

Agora é só nós dois....


Eu fico sentado rindo
Te ouvindo reclamar
Meu bem há coisas mais importantes lá fora
Que os nossos quadros por pregar

Mas a gente combina o que for necessário
'Cê lava os pratos
Eu lavo o carro
Ou ao contrário
Tanto faz

Meu nome está no distrito
E o seu está nos jornais
E não me basta o que eu já sei
Eu ainda erro demais

A gente combina o que for mais seguro
'Cê fica em casa
Eu pulo o muro
Ou ao contrário
Tanto faz

Mas a gente combina o que for necessário
Eu lavo o carro
'Cê lava os pratos
Ou ao contrário
Tanto faz

A dama e o vagabundo - Paralamas do Sucesso

Minha Fala!

Já falei dele por aqui!
Eder Nunes, na minha opinião um dos melhores da MPB... fico feliz em ver as coisas acontecendo para as pessoas que admiro! Quem não viu,clica logo e assiste esse vídeo, depois aproveita e dá uma força pra essa figura e vota lá ele está n garagem do Faustão.

28 de mai de 2009

Satélite Prontidão Patrimônio Histórico


Nesta terça-feira, dia 26 foi aprovado por unanimidade Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul o projeto de autoria do deputado Raul Carrion(PCdoB), que declara a Associação Satélite Prontidão como Patrimônio Histórico e Cultural do RS.

"A Associação Satélite Prontidão enquanto patrimônio imaterial, precisa ser valorizada pelo trabalho centenário realizado, mantendo-se como um espaço que abriga as idéias e os saberes desta etnia, sendo um espaço de resistência cultural, de resgate de sua contribuição histórica, de congreção e entretenimento das famílias da comunidade negra", afirma Carrion.

HISTÓRIA


A atual Associação Satélite Prontidão surgiu de um processo que teve origem em 20 de abril de 1902, passados quatorze anos da abolição da escravatura. Algumas famílias da comunidade negra, unidas no propósito de construir uma sociedade que pudesse abrigar a cultura, as idéias e os costumes do povo negro, bem como fosse um espaço de lazer e entretenimento, fundaram a Sociedade Satélite Porto-Alegrense.

Além de recreativa, a entidade realizava atividades culturais e tinha como missão especial o preparo educacional da sua comunidade através de mutirões promovidos pelas senhoras da sociedade, no trabalho de alfabetização de alguns de seus sócios, seus filhos e crianças do entorno da sede social, que ficava na Cidade Baixa.

A Associação Satélite Prontidão, fusão de duas entidades, manteve as atividades da área social, onde sempre despontaram as festas de grandes públicos como os famosos bailes do chope, as festas juninas, os bailes de carnaval e os bailes de aniversários da entidade. A fusão, em 1956, não diminuiu o interesse e a dedicação pelas questões relativas à educação, à cultura e à assistência social, quase cultuadas no passado - pelo contrário - incorporaram-se a estas atividades outras, inclusive de caráter filantrópico mantendo-se a mesma filosofia de trabalho adotado pelas antigas sociedades.

Na gestão do Presidente José Aneron Fagundes Gomes, em 1988, dentro das comemorações dos 100 anos da libertação dos escravos, a Associação instituiu o Prêmio Zumbi dos Palmares, que passaria a ser entregue anualmente a personalidades com trabalhos significativos em benefício da Comunidade Negra.

A Associação Satélite Prontidão foi considerada de utilidade pública no âmbito do Município de Porto Alegre, pela Lei n° 7425, de 11 de maio de 1994. No ano de 1997, a Associação passou a ser considerada de utilidade pública no âmbito do Estado, pelo Decreto Lei de n° 1130 de 24 de julho de 1949.

27 de mai de 2009

Te amo de paixão!

Além de ser Tim Maia, essa eu ganhei! Parafraseando meu amor... quer uma declaração de amor maior que essa?

19 de mai de 2009

Mais um adeus

"O amor é uma agonia
Vem de noite, vai de dia
É uma alegria
E de repente
Uma vontade de chorar..."

Vinicius de Moraes

14 de mai de 2009

Aguarde...Délcio Luiz


Dia 14 de junho a Nega Bacana e a Associação Satélite-Prontidão Trazem à Porto Alegre Délcio Luiz com o lançamento de seu novo DVD... Por enquanto ouve aí!

"Crack - Ignorar é o seu vício?"


Nesta quinta-feira, 14 de maio, a partir das 17h30, no Palácio do Ministério Público (Praça Marechal Deodoro, 110), a AMP/RS lançará uma campanha de mobilização e alerta contra o crack, droga que se transformou em uma epidemia social, atingindo, principalmente, crianças e jovens. (Na imagem ilustração do site da campanha que será apresentado na quinta-feira)

Segundo o presidente da entidade, Marcelo Dornelles, está entre as funções da Associação do Ministério Público, como entidade do terceiro setor, contribuir para a evolução e o desenvolvimento da comunidade em que atua. Dentro desta visão, construiu uma cultura interna fundamentada em valores éticos e de respeito às pessoas e instituições. 'A campanha Crack - Ignorar é o seu vício?' é um dos projetos da Associação na área de responsabilidade social”, conta ele, acrescentando que, além de buscar a conscientização da sociedade e dos agentes públicos, esse projeto terá o papel de estimular outras iniciativas de enfrentamento desenvolvidas no Estado.

No evento de lançamento será exibido um vídeo com depoimentos de autoridades engajadas no projeto. O palestrante da noite será o rapper MV BILL, um dos fundadores da Central Única das Favelas e produtor do vídeo Falcão – Meninos do Tráfico –. Bill falará sobre a experiência da organização nas periferias do Brasil. O evento encerra com o lançamento da Exposição Fotográfica Bak – na pedra a sociedade treme, do comunicador Manoel Soares, produzida pela CUFA, organização não governamental que nasceu no Rio de Janeiro e hoje está presente em diversas capitais do país.

Parceiros

Nesta primeira etapa da campanha, a AMP/RS já conta com parceiros do setor público e privado como a Procuradoria- Geral de Justiça, a Ajuris, a Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul, o Instituto Gerdau e a Central Única das Favelas. Também são parceiros a agência de propaganda Paim e a produtora Imagem B, que participaram na criação de peças, como a logomarca da campanha e o vídeo de lançamento. “Durante o trabalho de concepção deste projeto e de preparação para seu lançamento comprovamos que o crescimento do consumo do crack no Rio Grande do Sul é uma preocupação de diversas instituições, agentes públicos e privados, por isso já contamos com colaboradores de diferentes setores da sociedade”, revela o vice-presidente da AMP/RS e coordenar do projeto, Mauro Souza.

O comandante da Brigada Militar, coronel João Carlos Trindade Lopes, o chefe de polícia, delegado João Paulo Martins e o secretario estadual da Saúde, Osmar Terra, também engajaram-se na campanha da AMP/RS, através da participação no vídeo de lançamento, que conta ainda com Mauro Souza, o coordenador da Cufa no Região Sul, Manoel Soares, e com o senador Cristovam Buarque, uma dos grandes defensores da educação como caminho de inclusão social.

Na sexta feira, dia 15 o debate acontecerá na Escola Júlio de Castilhos para estudantes do ensino médio, este debate também contará com a presença do rapper e ativista social MV Bill.

Fonte www.cufars.org. br

Caxias...

Néspolo meu diretor

Dinorá, Isadora, José Ivo Sartori e Maria Helena


Aproveitei o dia das mães que me levou à Caxias e acabei construindo algumas agendas da CUFA com a institucionalidade. Eu e a Dinorá que coordena a entidade aqui no estado fomos debater a questão do Crak com a vereadora Ana Corso, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal, reunir com o chefe de Gabinete do Prefeito e de quebra dar um abraço no Prefeito da cidade José Ivo Sartori e na primeira dama Maria Helena Sartori. Essa que durante a minha gestão da União Caxiense de Estudantes Secundaristas - UCES foi uma grande parceira e contribuiu muito em seminários e debates educacionais.

Nossa neste dia de atividade total em minha terra natal, revi tantas pessoas que não encontrava há tempos. Pessoas que participaram e acompanharam toda minha trajetória até a vinda para a capital.

Destaco outra pessoa que hoje é chefe de gabinete do prefeito mas bem antes disso, fez parte de momentos importantes em minha vida. Falo do meu diretor Édison Néspolo, um amigão que sempre ouviu, compreendeu e defendeu quando necessário esta mocinha aqui. Ele foi diretor da escola onde concluí meu ensino médio o Colégio Dante Alighieri mas mais que isso é um grande amigo e um grande referência também.

Fotos de Cristopher - Assessoria de comunicação Prefeitura de Caxias do Sul

11 de mai de 2009

Mulheres Galeanas


Como faço todos os dias das mães vim para Caxias dar um beijo nessas coisas queridas que são a minha mãe e a minha vó. Sempre quando volto resolvo matar saudades de alguma coisa algumas vezes filmes, outras fotografias e por aí vai.

Desta vez resolvi procurar um livro que há muito tempo não lia, aliás tinha o original em espanhol e não consigo lembrar pra quem emprestei... Pois bem encontrei o livro traduzido da minha mãe. Falo de "Mulheres" do Eduardo Galeano, que faz ma grande homenagem as mulheres da América Latina.

Deixo o meu preferido aí é claro... nem preciso dizer porque é o preferido!


Isadora

Descalça, despida, envolvida apenas pela bandeira argentina, Isadora Duncan dança o hino nacional.

Comete esta ousadia numa noite de 1916, num café de estudantes de Buenos Aires, e na manhã seguinte todo mundo sabe: o empresário rompe o contrato, as boas famílias devolvem suas entradas ao Teatro Cólon e a imprensa exige a expulsão imediata desta pecadora norte-americana que veio à Argentina para macular os símbolos pátrios.

Isadora não entende nada. Nenhum francês protestou quando ela dançou a marselhesa com um xale vermelho como traje completo. Se é possível dançar uma emoção, se é possível dançar uma idéia, por que não se pode dançar um hino?

Liberdade ofende. Mulher de olhos brilhantes, Isadora é inimiga declarada da escola, do matrimônio, da dança clássica e de tudo aquilo que engaiole o vento. Ela dança porque dançando goza, e dança o que quer, quando quer e como quer, e as orquestras se calam frente à música que nasce de seu corpo.

Eduardo Galeano

8 de mai de 2009

O Mapa


Tenho de assumir, sou uma caxiense que reside na capital gaúcha há 5 anos e tornei-me uma porto alegrense saudosista e apaixonada por esta cidade!

O Mapa

Olho o mapa da cidade
Como quem examinasse
A anatomia de um corpo...
(É nem que fosse meu corpo!)
Sinto uma dor esquisita
Das ruas de Porto Alegre
Onde jamais passarei...
Há tanta esquina esquisita
Tanta nuança de paredes
Há tanta moça bonita
Nas ruas que não andei
(E há uma rua encantada
Que nem em sonhos sonhei...)
Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada
No vento da madrugada,
Serei um pouco do nada
Invisível, delicioso
Que faz com que o teu ar
Pareça mais um olhar
Suave mistério amoroso
Cidade de meu andar
(Deste já tão longo andar!)
E talvez de meu repouso...

Mario Quintana

2 de mai de 2009

Dia do Trabalhador e não do trabalho!


Ontem foi 1° de maio, dia do trabalhador.É incrível como a mídia e todos que falaram sobre o primeiro de maio se referieam à ele. 1° de maio é Dia do Trabalhador e não do trabalho.

Esse tipo de ação parte dos mesmos que preferem tratar o "Mnndo do Trabalho" como "mercado de trabalho" abrindo assim o livre comércio, a livre concorrência entre as pessoas.

Prefiro aqui homenagear esses milhares de homens e mulheres que não se entregam de forma alguma, que não se importam de dormir poucas horas por noite, andar quilômetros, chegar em casa e cumprir suas obrigações com suas famílias. Homens e mulheres que lutam inacansavelmente no seu dia-a-dia para sobreviver e jamais deixam de ter a esperança de tudo será melhor um dia.

Parabéns à todos os trabalhadores que constróem esse país.

Foto Sebastião Salgado

30 de abr de 2009

Paciência

Paciência, é o que todos me dizem... ok,ok você venceu e voltarei a contar até 10 lembrando que se chegar no nove e não tiver passado... continue nele e passe para o 10 apenas quando a poeira baixar!

17 de abr de 2009

"Há um cais de porto, Pra quem precisa chegar"

A clássica música dos Paralamas do Sucesso ao meu ver em sua melhor versão!"Eu vou chamar um cara..." muito bom Gal Costa e Hebert Vianna.

16 de abr de 2009

A vida sempre nos surpreende!


Em nossa vida passamos por diversas experiências, nem todas boas, nem todas de um todo ruins porém essa é a vida. O que seriam dos dias chuvosos sem um lindo nascer do sol de um dia de verão? O que seria dos dias alegres se não existissem os tristes?

Bom, tudo isso pra dizer que no decorrer de nossas histórias tudo acontece.Os momentos difíceis sempre vem e é neles que precisamos ser mais fortes para superar desafios e nos tornarmos mais completos, mais sagazes, mais corajosos. Talvez pensem "muito fácil na teoria mas na prática...".

E concordo tudo na teoria é mais fácil, mais cômodo e menos dolorido. Em compensação a prática te dá bagagem, acúmulo e sobretudo, te faz nunca deixar de acreditar que um dia tudo será diferente porém daqui a alguns minutos nada mais talvez seja igual.

Chamamos de dialética depois que você passa a compreendê-la, nunca mais verá o mundo da mesma forma... parafraseando uma professora que tive em alguns cursos marxistas a grande Madalena Guasco - "Nada é. Tudo está sendo..."

Pois então, hoje a vida me deu uma surpresa! Aquilo que tem sido muito verdadeiro, intenso e apaixonante ficou muito mais perto de se tornar real. Agora nos resta acalmar o coração, manter o que amamos próximo e cuidar de cada fissura causada no peito para que todas cicatrizem rápido.

É meu amigo, é hora de recomeçar! Olhar pra frente e não parar, hora de se abraçar e caminhar rumo ao que mais queremos... ser feliz.

9 de abr de 2009

Só Deus Pode me Julgar

RPB Festival


O Festival RPB - Rap Popular Brasileiro, tem o objetivo de propagar a cultura Hip Hop, ou seja, ele vem com a proposta de apresentar e divulgar novos grupos e cantores de rap, abrindo espaço para novas expressões artísticas e culturais deste gênero, que não são tão conhecidas pelo grande público. O que estimula o mercado musical nacional do rap, trazendo a tona à arte que nasceu nas periferias do mundo.

Realizado pela Central Única das Favelas - CUFA, o evento reunirá grupos de todos os estados, incluindo o Distrito Federal. Haverá disputas estaduais que classificarão os concorrentes para a final nacional a ser realizada no Rio de Janeiro, tudo isso nos meses de junho e julho. Vão ser dois meses de muito rap em todo Brasil.

Para incentivar a galera, a organização do festival vai premiar em dinheiro os grupos ou cantores de rap que mais se destacarem. Não fiquem fora dessa, preparem seu material e participem!

RPB Festival – Rap Popular Brasileiro

O Bonde não pára!

RPB Festival, o maior festival de novos talentos do rap, o único do gênero em território nacional, vem com a missão de abrir espaço para a música que embala o movimento Hip Hop e seus porta-vozes darem seu recado e mostrarem seu talento.
Realizado pela CUFA – Central Única das Favelas – nos 27 estados do País, o RPB Festival promoverá no mês de junho de 2009 as eliminatórias estaduais que classificarão para a final nacional.

No dia 26 de julho, sob o Viaduto Negrão de Lima (em Madureira, Rio de Janeiro-RJ), no Centro Cultural da CUFA, adeptos do Hip Hop de todo o País se reunirão para elegerem juntos a cara e o som da nova geração do rap nacional.
“Muitos sons e talentos serão revelados nos palcos do RPB nos quatro cantos do Brasil, alem de revivermos o calor dos grandes festivais” – diz Nega Gizza , diretora do festival

Eliminatórias Estaduais

Sendo a CUFA uma organização instituída em todo o território nacional, é de responsabilidade da CUFA de cada Estado a realização das eliminatórias estaduais em conformidade com a concepção nacional. Com isso, temos a certeza de levar para a etapa final um amplo e atualizado panorama da cena Hip Hop brasileira, com o know-how e a qualidade dos realizadores do maior festival de Hip Hop da América Laitna, o Hutúz.

Inscrição e critérios de classificação
Um dos critérios fundamentais para inscrição de grupos e artistas solos é o ineditismo da música. Assim garantimos acesso ao mercado musical para artistas que buscam espaço e oportunidade para mostrar seu trabalho.
Voto popular e do júri especializado são computados e revelam através de somatório simples a classificação dos grupos que se apresentaram corridamente. Pelo júri serão avaliados os seguintes quesitos: Letra, Música e Performance de Palco.

Para os campeões nacionais, premiações em dinheiro: R$ 5 mil para o 1º colocado e a oportunidade de tocar no palco do Canecão no Hutúz 10 anos; R$ 3 mil para o 2º; e R$ 2 mil para o 3º colocado.

Para participarem os interessados devem fazer a pré-inscrição pelo site oficial do evento, no link de seu respectivo Estado. Para confirmar a inscrição, é necessária remessa de música e demais materiais solicitados no edital, cuja relação está disponível no site do evento.

As comissões organizadoras locais divulgarão através dos site e blogs estaduais os grupos e artistas classificados, e então a sorte estará lançada!

RPB RIO GRANDE DO SUL

-Montenegro
Dia: 9 de maio
Local: A/C MC PEDRÃO
RUA APARADOS DA SERRA, 111 MORADA DO SOL MONTENEGRO - RS

-Pelotas
Dia: 17 de maio
Local: A/C SANDRO ANJO DB
RUA JOSE PEDERSOLI SOBRINHO N°38 BAIRRO NAVEGANTES DOIS PELOTAS-RS.

-Porto Alegre
Dia: 11 de junho
Local: DINORA e ISADORA PISONI
RUA JOSE MONTAURY 17 LOJA 05
CENTRO DE PORTO ALEGRE

Maiores informações:
www.rpbfestival.com.br
http://rpbfestival-rs.blogspot.com/
e-mail:rpbfestivalgaucho@gmail.com

Jornalista: que formação?


Deixo aqui um texto da Soninha que foi publicado no Vermelho, no Portal da CTB e no seu Blog www.coisasdesoninha.blogspot.com. Vale a pena conferir!Jornalistas que somos, jornalistas que queremos ser....Jornalistas que teremos!

Jornalista: que formação?


O debate sobre a obrigatoriedade da exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão ganhou força no último período, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou o julgamento do mérito do processo que se arrasta há anos.

No meu entendimento, um debate que não pode ser encerrado. Ao contrário, deve ser feito sob a luz do tipo de comunicação que queremos no nosso país e levando em conta a tradição da esquerda mundial de formar intelectuais do povo, que pelas vias tradicionais (fundamentalmente acadêmica) não tem oportunidades.

Apenas para lembrar, tanto a Lei de Imprensa, quanto a exigência do diploma foram atos do período de autoritarismo que vigeu no país. Trata-se, portanto, de uma contenda que não diz respeito aos jornalistas e veículos de comunicação, mas a toda sociedade, pois refere-se a liberdade de expressão. Cercear o propósito de uma comunicação verdadeiramente democrática e popular, não é papel de uma federação classista como a FENAJ, muito menos da esquerda. Defender o acesso universal ao conhecimento, sim!

O jornalista é aquele que possui a capacidade de traduzir os acontecimentos relevantes em informação, respeitando os preceitos da linguagem e da escrita, estes sim, estabelecidos por regras da ortografia. Tal aprendizado pode ser adquirido na academia. Mas também pode ser adquirido na disposição e, principalmente, talento do profissional, que oferece informação e opinião de maneira plural e diversificada à sociedade.

A qualidade profissional e ética do jornalismo no país não está condicionada ao documento. Nem poderia, pois se há alguma escola que ofereça diploma de ética, deve imediatamente ser denunciada à polícia. Tampouco é possível afirmar que a ausência do certificado permite a ideologização do jornalismo. Seria afirmar que o diploma é garantia de uma imprensa neutra e imparcial, o que definitivamente não existe. Aliás, na própria academia, os professores mais sérios afiançam isso.

A limitação do exercício do jornalismo apenas para quem tem o diploma universitário do curso evita que talentos de variadas procedências possam informar a coletividade e precisa ser vista dentro do conceito de que a liberdade de expressão é uma virtude da sociedade democrática, pela qual, muitos de nós, fomos às ruas.

Não podemos e não devemos negar a importância da academia, mas não podemos acolher que só os que nela passam são capazes, qualificados, éticos. Exemplos não faltam para comprovar.

O que queremos é uma sociedade bem informada. O Brasil precisa ampliar a qualidade da comunicação, que passa obrigatoriamente pelo exercício de um jornalismo plural e diversificado, sob os mais variados matizes, enfoques, critérios de seleção, de interpretação da notícia. E não está condicionada a exigência do título, que acaba por ser uma posição excludente, corporativista e socialmente preconceituosa.

Para ilustrar:

Mino Carta -
Iniciou sua carreira jornalística em 1950 como correspondente do jornal Il Messaggero, de Roma. Entre 1957 e 1960, trabalhou como redator nos jornais La Gazzetta Del Popolo, de Turim, e Il Messaggero de Roma, período em que também foi correspondente do Diário de Notícias, do Rio de Janeiro. Em 1960, já morando no Brasil, fundou a revista Quatro Rodas, pela Editora Abril, pioneira no segmento automobilístico e principal título do setor até hoje. Em 1964, fundou a edição de Esporte do O Estado de S. Paulo, jornal de maior circulação do País. Em 1966, criou e dirigiu o Jornal da Tarde. Em 1968, fundou Veja, pela Editora Abril, primeira revista semanal de informação do País. Em 1976, fundou a revista IstoÉ , pela Editora Três, segunda semanal de informação do País e concorrente de Veja. De 1982 a 1988, foi diretor de redação da revista Senhor, da Editora Três. De 1988 a 1993, foi diretor de redação da revista IstoÉ, da Editora Três. Em 1994, fundou a revista CartaCapital.

Paulo Henrique Amorim é jornalista desde quando os bichos falavam. Trabalhou na Manchete, Abril, Jornal do Brasil, Globo, Bandeirantes, Cultura, está na Record; foi do Zaz, Terra, UOL, iG e hoje é responsável pelo portal independente Conversa Afiada, localizado em algum ponto da WEB 2.0. Escreveu o livro "Plim-Plim - A Peleja de Brizola contra a Fraude Eleitoral". Formado em Sociologia e Política, não se utilizou nem de uma nem de outra “ciência” para ganhar a vida.