27 de jan de 2009

Nelson Viana - Samba Soul Project

Pra quem não conhece, é dia 31 no Prontidão!

Satélite Prontidão traz Nelson Viana com Samba Soul Project


A Associação Satélite Prontidão, traz neste sábado dia 31 de janeiro, Nelson Viana - Samba Soul Project.

Nelson Viana é multi-instrumentista, compositor, cantor e produtor musical. Com 19 anos de carreira, vem atuando na área musical, teatral, na produção de CDS, trilhas para espetáculos de teatro, jingles e campanhas publicitárias. Como produtor musical já produziu mais de 20 CDS nas cidades de Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

Desde 1988 toca em bandas como: Freqüência Urbana, Realce, Black out, Bandit, Groove Ltda, Redfones e Lua Gorayeb. É o fundador da banda Bandit, onde atua até hoje. Já participou como ator e músico em peças de teatro de Osvaldo Montenegro e da montagem “Negros em Desterro”, como diretor musical e ator. É baterista da banda da cantora Lua Gorayeb. Seu novo CD se chama “VAMOS DANÇAR” e tem as participações de: Luis Meira, Gustavo Barreto, Luciano Bilú, Alessandro Kramer (Bebê), David Maciel (Wilson Sideral), Fabinho Ferreira (Wilson Sideral) Muriel (Dazaranha), UBrother, e também participação nas composições de Milton Batera (Positive), Emilio Pagoto (Billy) e Ryan Rocha.

NELSON VIANA SAMBA SOUL PROJECT - agora com este novo trabalho vem fazer leituras de clássicos do Samba-Rock e da MPB com levadas modernas e com muito Swing e um Groove que está contagiando o público de bom gosto. A proposta é promover o legítimo samba-rock e suas variantes. Fazem parte do repertório músicas próprias e leituras de Trio Mocotó, Tim Maia, Jorge Ben, Bebeto, entre outros.

Quer mais? Acesse www.myspace.com/nelsaoviana

Bom fica a dica...

31 de Janeiro- Sábado
Show Nacional com Nelson Viana - Samba Soul Project. Mais Sem comentários e Swinga Brasil. Dj Piá animando a pista de dança no intervalo e VJ Mau Mau no comando do Telão.

Entrada a R$ 10,00
Início as 23:30

Satélite-Prontidão a Casa da Cultura Negra
Av. Cel. Aparício Borges, 288 (Nova Perimetral)
Fone: 33151973

23 de jan de 2009

Noriel Vilela

Nossa, a tecnologia é tudo! Provavelmente nesta onda de samba rock que tem tomado conta das noites nas festas e nos butecos da vida vocês já ouviram a música "16 Toneladas" e não sabem de quem é a voz...Então a voz é de Noriel Vilela.

Noriel fez carreira como integrante do grupo vocal de samba Cantores de Ébano, que teve relativo sucesso nos anos 1950. Vilela também lançou o álbum-solo Eis o Ôme em 1968. Por essa época, Vilela morreu repentinamente e o Cantores de Ébano se desfez por algum tempo, até que se encontrasse um substituto à altura para o cantor.

A voz do cantor é um baixo profundo com uma dicção única no samba. Seu segundo álbum Eis o Ôme é uma sucessão de faixas de sambalanço com forte tempero afro, não apenas na sonoridade, como também na temática, voltada para a umbanda.

Deixo uma música do álbum "Eis o Ôme", que sem querer acho que como eu ele é filho de Oxóssi, adorei!

Meu Caboclo Nao Deixa

"Qualquer ideia que te agrade,
Por isso mesmo... é tua.
O autor nada mais fez que vestir a verdade
Que dentro em ti se achava inteiramente nua..."

Mário Quintana

Celular!

Celular! Hoje em dia nos acompanham em todos os momentos. Lembro quando nem tínhamos telefone convencional. Tudo era muito diferente. Inimaginável para a geração dos anos 90, como encontrar as pessoas? Como avisar... "estou atrasado" ou "não vou poder ir", ou simplesmente matar a saudade de alguém distante. Uma coisa é fato tínhamos que ser pontuais e a melhor parte não nos desesperaríamos com a ligação que não vem, ou que até vem mas não de onde você queria. Parte boa da história: a confiança deveria perdurar e pensaríamos em outras coisas ao invés de ficar matutanto sobre o Telefone. Nos preocuparíamos principalmente nós mesmos!

O Telefone - Jorge Ben

Mais uma...

Marvin Gaye - Lets Get It On

Saber amar é saber deixar alguém te amar

Ontem depois de muito tempo ouvi essa música, ela sempre fez parte da minha vida e o que pude notar é que continua fazendo... dá uma olhadinha!

Mãe!


Digamos que há alguns meses tento desatar alguns nós, achando que sempre serei autosuficiente. Pois é, quando tudo fica o dobro de tamanho, quando você não consegue mais dormir, nem pensar, muito memos se animar para qualquer coisa, além é claro da vergonha que você sente em saber que já não está em condições de exigir demais da sua família, não porque ela se negará a ajudar mas sim por saber que que apenas com muito esforço terá condições de ajudá-la.

Bom no meio de todos esses nós que eu mesma fiz, nas noites mal dormidas veio em minha cabeça um episódio da minha terceira série, quando fiz a opção de ser a "filha da professora" mesmo sabendo que ia ser a mais cobrada, a mais falada e mesmo assim jamais abriria mão de ter aula com a professora que achava que era a melhor de toda escola. Via ela passar as noites fazendo os cartazes mais lindos, mais frescos, mais tudo. Todos queriam que seus professores fossem assim!

No dia das mães aquele ano, alguns professores reuniram algumas turmas para a homenagem à estas guerreiras que optam por viver pra outra pessoas e não mais apenas para si mesmas, assim tornando-se mães. Cantamos com um coração na mão uma música do Sérgio Malandro que ele compos para sua "Mamãe Leila"....Prefiro falar da "Mamãe Ivânia". Sobre ela ainda ei de falar muito, penso nela o tempo todo.

Mesmo longe estou sempre bem pertinho posso até sentir o seu cheiro, basta abrir um livro e lembrar dela me contando histórias, chupar um pirulito e lembrar dos nosso campeonatos nas tardes de sábado de "quem chupa o pirulito mais rápido "ou quem coloca mais "Buballos" na boca para fazer a maior bolinha.

Bom, cada uma dessas pequenas histórias, vão ter seu espaço neste blog ao natural!

Mami's
Te amooo muito

Deixo aqui a "Mamãe Leila" do Sérgio Malandro

Me lembro bem, quando ainda era menino
Mesmo muito pequenino, já sentia o seu amor.

Melembro bem, e essas coisas não se esquece
Mesmo quando a gente cresce, ainda sente o seu amor.

Lembro das noites em claro, que você passava a me esperar.
Hoje penso nisso e reparo o quanto estava errado em não te avisar.

Oh! Mãe, me perdoa se eu te magoei
Não dizendo o quanto sempre te amei
Escondendo a emoção.

Oh! Mãe, me perdoa se te fiz chorar
Mas eu juro sempre vou te amar
E é seu, meu coração

20 de jan de 2009

O acaso vai me proteger...

Um homem com uma dor

Um homem com uma dor
é muito mais elegante
caminha assim de lado
como se chegasse atrasado
andasse mais adiante

Paulo Leminski

Quero apenas cinco coisas

Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

Pablo Neruda

17 de jan de 2009

Last Kiss

Espírito velho?


Em uma conversa com um amigo, não conversa de bar, mas aquelas conversas que você só tem com algumas pessoas as quais você tira todos os personagens que a vida nos faz assumir e pode ser totalmente sincera, abrir o coração que não será mal interpretado?

Falávamos, sobre mais velhos mais novos... em um momento ele me disse que em uma conversa com sua namorada chegaram à conclusão que sou mais velha, tendo quase a mesma idade deles. Fiquei pensativa, ele tornou a me afirmar isso e acrescentou mais algumas palavras... Sim, você é mais velha ele afirmou...velha de espírito!

Passei a entender, ele é espírita , aliás quem de nós não cuida do espírito? Do seu jeito, da sua maneira mas sempre encontramos coisas para nos confortar, acreditar e não perder a esperança jamais.

Voltando ao "velha de espírito", começamos a desenvolver a idéia e consegui transmitir a ele o que sempre senti e não havia colocado em palavras. O tempo todo, e em alguns momentos de forma mais latente tenho a sensação de já ter vivido uma série de situações. Na forma de fazer as coisas se concretizarem, muitos dos desafios aparentemente são fáceis, objetivos, uma facilidade para desatar nós toma conta de mim.

Em contrapartida essa sensação de "já fiz isso" me deixa estagnada. Passei a notar que o "já fiz isso" sempre vem em mente e de forma espontânea, descobri também que se depois do "já fiz isso" eu sair correndo pra fazer de verdade, sempre dá certo.

A sensação me acompanha, o tempo todo quando entro nos lugares,quando olho nos olhos das pessoas (lá bem no fundo), o olhar diz muito, nos meus relacionamentos seja com a minha família, com amigos ou paixões.

Isso é bom? Talvez, é lindo mas também é "peso" sentir "a dor dos outros" e ficar sem forças para pensar nas suas.Dentro de tudo isso te a sensação que penso ser a pior quando diz respeito a meus sentimentos, as minhas relações. A certeza de quando as coisas estão abaladas, mesmo não estando, a certeza do princípio do fim mesmo que o fim demore à chegar.A incerteza me assombra, altera minha forma de ser e agir. O que me faz pensar que essas tais sensações fazem com que eu mesmo contribua para o fim.

O espírito velho? Concordo com meu amigo, devo ter sim. Se me prejudica? Ainda não sei! Sei que tenho de aprender a lidar com isso e mais um monte de coisa. Só não quero contribuir para o fim dos enredos da vida, do coração apenas para os da história. Esse me faz ir além!

Não quero mais deixar borboletas no caminho, quero que todas cheguem até o final!

14 de jan de 2009

Haaa minha escola...

Cansei...

Cansei de ser boba
Cansei de gostar
Cansei de achar que pode ser diferente
Cansei de mim, de todos
Cansei de acreditar
Cansei de tentar me abrir
e me fechar
Como poderei me abrir
se quando faço isso
Os braços que deveriam dar o abraço
se fecham
Digo tudo isso como desabafo
Mas não consigo cansar de verdade
Na realidade vou cansar a vida toda
Pelo simples fato de não desistir

Partida

Cada embarque
é parte de mim que fica
e outra que vai
elas ainda vão se encontrar.

Turbilhão!

Sabe aqueles dias que você sente tudo junto? Do ápice da felicidade até o fim de suas lágrimas...Dias dos opostos,ainda vou saber como tratar isso, eu e meus botões.
Então como tenho estado assim nos últimos dias sempre tenho um caminho, o meu em vários momentos é a música...vou deixar aqui um Turbilhão de músicas que normalmente viram minha trilha sonora! Acho que vai sair uma tonelada das minhas costas.

Raul Ellwanger e Mercedes Sosa - Pealo de sangue


Toquinho-Caderno


Elis Regina- Me deixas louca


Milton Nascimento- Travesssia


Gonzaguinha- Sangrando


Belo e Neguinho da Beija Flor - Negra Angela


Vinicius de Moraes - Carta ao Tom 74

Momento melancolia...

Todos nós temos e meu final de semana em Caxias fez com que eu abrisse uns álbuns de fotografias...veeeeeja o que achei.

Em todas é a dona Isadora Pisoni com 2 aninhos...




Mas a gente cresce e fica assim...
Amo essa foto simboliza um pouquinho do meu amor por esse Brasil, por isso luto, vivo, sonho e acredito que tudo será melhor, mais igual e mais feliz!

Caxias...

Bom só agora consegui parar e escrever sobre meu final de semana em Caxias...além do casamento da minha cumadre que foi o motivo da minha ida estava precisando do colo e do cheiro da minha mãe e vó!De quebra ainda consegui ver meu pai e dar uns amassos naquela coisa linda que quero que esteja sempre perto de mim!
Haaaaaaa revi todinha a família da noiva, família essa que cuidou de mim por boa parte da minha vida, sim um familião que sou grata pois até um afiliado eles me derão.

Amei... me despertou uma vontade de estar mais perto. Acho que devo ir a minha cidade natal mais vezes!

Dá uma olhadinha nas nas fotinhos

Minha querida vovó!

Antes do casório

Marco Antonio meu afiliado

Marquinho e a Neti, uma irmã mais velha de longa data

Thais e João Vitor o mais novo membro da família


Tia Nena e Orildo

Clau...outra irmã da família do Marquinho

Ivete minha cumadre e o meu Bebê

Isso não deve ser assim, tão ruim

Stand By

Coração em
Stand By
Será que
Voamos pelo
o mundo
ou a gente
cai?

9 de jan de 2009

Porém, por Sérgio Vaz

Uma das minhas paixões é a Literatura da Periferia, nos últimos tempos pude conhecer mais, estudar mais sobre ela.Saber que todos nós podemos fazer poesia...quem disse que ela é apenas para alguns?
Nessas andanças através do Sarau do Bezerra que aconteceu na Feira do Livro de Porto Alegre(que trabalhão em!)pude me aproximar de uma figuraça o poeta Sérgio Vaz (grande Serjão) idealizador do Sarau da Cooperifa, um pouquinho dele aqui no ilegalimoraleengorda.blospot.com

No Sarau da Feira, ele recitou essa...faz pensar sobre nossas escolhas de todos os dias



Porém

Queria ter vivido melhor,
Porém a mediocridade sempre me foi farta e generosa
Nos caminhos que escolhi para viver.

Queria ter sido mais alegre,
Porém a tristeza sempre foi companheira fiel
Nos dias intermináveis de abandono.

Queria ter amado mais as pessoas que conheci
Ou que fingi conhecer,
Porém na maioria das vezes, eu também não me conhecia.

Queria ter andado mais livre,
Porém, algemado à ignorância, perdi muito tempo
Tentando voar sem sequer saber andar.

Queria ter lido mais livros,
Porém, analfabeto de ousadia, passei muitos anos
Enxergando pelos olhos adormecido de outras pessoas.

Também queria ter escritos mais poemas
Do que bilhetes pedindo desculpas,
Porém, as palavras sempre me vieram como culpa
E não como estrelas.

Queria ter roubado mais beijos e abraços
Das meninas que andavam desprotegidas,
Protegidas pela magia da infância,
Porém, cresci muito cedo, e a timidez sempre me foi
Uma lei muito severa a ser cumprida.

Queria ter pensado menos no futuro,
Porém, o passado simples nunca foi o melhor presente
E a eternidade sempre me pareceu coisa de gente que tem preguiça de viver.

Queria ter sido um homem mais humilde
Porém, a vaidade e a ganância sempre me cercaram
De mimos e coisas que até hoje não sei para que serviram.

Queria ter pregado mais a paz,
Porém, como um covarde, gastei muita munição tentando atingir amigos e
desconhecidos que não usavam coletes à prova de balas nem blindados no
coração.

Queria ter sido mais forte,
Porém rir dos vencidos e bajular os mais ricos
Sempre me pareceu o caminho mais curto
Para o esconderijo secreto das minhas fraquezas.

Queria ter dito mais a verdade,
Porém a mentira sempre foi moeda de troca
Para comprar o respeito e a admiração das pessoas fúteis
De almas vazias.

Queria que o mundo fosse mais justo
Porém, avarento de nascença, fui o primeiro a esconder o sol na palma da
mão, antes que o vizinho o fizesse.

E mesquinho por vocação escondi as noites com lua
Para que os poetas não a cortejassem.

Queria ter dito mais besteiras,
Porém fui desses idiotas amantes das proparoxítonas
E sujeito oculto nos bate-papos de botecos de esquinas,
Onde a vida não acontece por decreto.

Queria ter colhido mais flores,
Porém o medo de espinhos afugentou a primavera.

E outono que sempre fui,
plantei inverno quando a terra pedia verão.

Hoje queria ter acordado mais cedo,
Porém temo que pra mim
Seja tarde demais.

Quer mais Sérgio Vaz?
http://colecionadordepedras.blogspot.com/

Filhos de Gandhi

Pois é depois de anos não irei para a Bienal de Cultura da UNE, deixo uma música do Gil e do Jorge Ben ... . Pra quem vai não deixe de curtir os ""Filhos de Gandhi"




Clique no link porque algum chato proibiu a incorporação...

http://www.youtube.com/watch?v=Zk939JQeC3Q

Marco Antônio...meu afiliadinho



Neste sábado vou pra Caxias novamente...em um casamento! Pra ser sincera não tenho muita afinidade para ir nesses eventos, na verdade gosto de organizá-los.A mamãe do meu afiliadinho Marco Antonio vai casar. è claro que vou aproveitar para dar uns amassos nesse gurizinho que agora está com 7 anos e há tempos não vejo.

Vou pouco à Caxias e normalmente ele está com a sua avó a boa e velha "tia Nena" na praia. Essa tia Nena também faz um tempão que não vejo, mas ela foi importantíssima em minha vida, foi quem me cuidou quando criança enquanto mamãe e vovó trabalhavam.

Bom falta a fotinho deles mas com certeza não vai faltar mais...ao menos quero muitos clicks com esse povo que não vejo.

Marquinhooo a dinda desnaturada aqui tá chegando e te prepara que vou dar uma de Felícia e te amassar todinhoooo!

Figuraça!

Existem pessoas muito especiais!Alguns nascem para cantar e encantar! Pra quem não conhece esse é uma figuraça chamada Eder Nunes, vcs ainda vão ouvir falar muito sobre ele! Em breve com seu cd...


Vazio...

Você chega
meu mundo se enche
euforia, alegria, prazer...
De tudo esqueço
Quero só pensar em você
Mas sempre vai
cedo ou tarde...vai
e tudo fica igual,
vazio!

6 de jan de 2009

Amor de Humanidade

Continuo compartilhando o que ouço... Essa em especial fala do amor de humanidade e não apenas daquele que queremos tanto e ás vezes se torna nossa razão de existência...O amor de humanidade é diferente é maior, mas sensível talvez. Confesso temos de ter ambos. Mas em meu caso o de humanidade também serve para preencher o vazio que deixa aberto o peito!

Te molesta mi amor
Sílvio Rodriguez

2 de jan de 2009

2000 INOVE !




INOVAR: tornar novo; mudar ou alterar as coisas, introduzindo-lhes novidades; renovar.

É com este espiríto que passamos um mega reveilon na pisoni's house. Tudo começou com aquela idéia de reunir os perdidos em Porto Alegre neste no dia 31 de dezembro. Foi assim mas os perdidos fora se multiplicando, multiplicando e o apartamento ficou pequeno pra tanta energia , felicidade, alegria, bom humor e muito axé!

Comemoramos o aniversário do meu amigão Ricardo, a deliciosa torta fria da Ritinha Butes, o pastelão da Fah bica - Fah - ceira ou melhor a "Lasanha" como dizia o Deco sem parar...hahaha. A Hortência marcou presença com seus doces fantásticos( que trabalhão para encontrar a tal mandioca que virou um lindo bolo...com muiiiito chocolate, a Lia mãe do Kuca que também bem nos fez companhia com sua lentilha saborosíssima,o Junior, o Xiker, o Vírus, o Gilberto, o Daniel as namoradas...nossa foram muitas pessoas... boa música... sem querer o apartamento teve sua primeira festa e foi no ano novo!

Feliz... esse foi o resumo da Isadora da noite, é incrível como todos te surpreendem o tempo todo.

Como a noite não seria inteirinha na Pisoni's house todo direto ao Prontidão. Muito samba, samba rock, a cerveja sempre estupidamente gelada e lá claro encontrar mais amigos, O Álvaro, o Marcelo o Nilo... esse dispensa comenários... Bom lá também não foi diferente mais amigos, mais música boa e mais tudo. Foi show de bola nosso reveilow agora o desfio é reunir esse povo todo sempre.

Nosso 2000INOVE começou com o pé direito, com samba no pé muito sorriso no rosto e é ele que vai nos dar força, energia, disposição, coragem e tudo que for necessário para concretizarmos nossos objetivos.


Seja bem vindo 2009!