21 de fev de 2010

Bye, bye Caxias


É deu pra descansar, matar saudades da mami's ou melhor da miha filha adolescente... deixamos muitas comidinhas gostosas congeladas pra ela. Acho que assim comerá menos miojo...hehehehe

Tomamos uma enfarada de Festa da Uva, das comidinhas e vinhos não, apredemos a fazer 10 tipos de chimas, ver os amigos, dar pouso para mais alguns que nos visitaram e claro umas festinhas!!! Agora acabaram as férias, na sexta tem Prontidão "O Retorno" e tem uma Nega bem Bacana nos esperando para trabalhar muito!

Amanhã vou tamos para a cidade do por-do-sol mais bonito.

Bye, bye Caxias em breve...

Voltaremoooossss!








19 de fev de 2010

Festa da Uva 2010



Começou, a Festa da Uva, vale a pena conferir....Estações do abraço e outras mais! Enquanto isso estou aqui curtindo showzinhos e degustando muitos vinhos!

Sonho, superação e VITÓRIA



Mais que merecido, justo!!!

A nossa Imperatriz é Campeã! Parabéns à todos, o espetáculo da escola ficará na história do carnaval de Porto Alegre, essa comunidade merece! Chorei , comi os dedos, gritei e fui xingada pela comemoração, apenas que conhece essa história sentiu o que eu senti mesmo à distância!

15 de fev de 2010

Mangueira é música do Brasil

Tratando-se de carnaval tenho outra paixão, a minha escola no Rio, desde criança verde-rosa! É Hoje! Além disso olha que coisa mais lindaeste vídeo produzido pela minha estação Primeira de Mangueira, cada vez que vejo me arrepio até ´último fio de cabelo!



Mangueira é música do Brasil (Samba Enredo 2010)

"Vai passar
Nessa avenida mais um samba popular
Mangueira até "Parece um céu no chão"
É música vestida de emoção
Com notas e acordes refletiu
Em suas cores o orgulho do Brasil
Nas ondas do rádio,
De norte a sul viajei
Do sonho dourado embarquei
Parece magia
Vai, minha inspiração
"Num doce balanço a caminho do mar"
Vem me trazer a canção
Pro mundo se encantar

Tantas emoções na verde e rosa
Brilham as estrelas imortais
"Bate outra vez" uma saudade
Lembro dos antigos festivais

Um verso me levou
Do rock à jovem guarda
Fui "Caminhando e cantando" ao luar
"Com a Tropicália no olhar"
Atrás do trio eu quero ver
O baile começar e a noite adormecer
"O Sol Nascerá", as cortinas irão se fechar
"Folhas Secas" virão e o show vai continuar

Meu coração é verde e rosa
Descendo o morro, eu vou
A música, alegria do povo
Chegou, a Mangueira chegou

Bate no peito e diz: Sou mais feliz porque sou Imperatriz!



Faz algum tempo que não escrevo aqui, uma certa desmotivação e uma mão cortada me deixaram meio impossibilitada de escrever. O que me fez voltar?
Há 5 anos estou em Porto Alegre, nem todos os carnavais fiquei na capital mas nos últimos 3 fui tomada por uma paixão laranja, preto e branco chamada Imperatriz Dona Leopoldina!

Fundada em 5 de janeiro de 1981, com sede no bairro Rubem Berta ou melhor na Cohab Leopoldina na zona norte da capital. O laranja, o preto e o branco são o símbolo de uma coroa ornada com louros da vitória. Vitória essa que neste carnaval teve início quando com um temporal em outubro do ano passado colocou a quadra inteira abaixo.

Acompanhei estando longe mas ao mesmo tempo perto uma campanha incansável, da direção da escola e da comunidade pela reconstrução da nossa quadra. Foram doações grandes e pequenas, foram as outras escolas sedendo suas quadras e fazendo ensaios para arrecadação. Foi a comunidade do Leopoldina pegando junto, como o Lelo ao lado da escola sedendo o espaço de seu bar para o sonho de ver a nossa quadra e a Imperatriz campeã continuar.Resultado? A quadra está de pé!

Parabéns ao Maurício nosso presidente, a Kátia, ao Vitor Hugo,a Helenira e a todos que não deixaram a peteca cair.

Pois é, neste carnaval não fiquei em Porto, não consegui ir a nenhum ensaio com exceção do que foi na Imperadores e ainda não desfilei! Estou em Caxias, vim fazer companhia para minha mamãe que desde novembro está só!

Meu coração durante o sábado de carnaval estava no Porto Seco, ele batia mais forte, a ansiedade de ver a Imperatriz tomar a pista e fazer o espetáculo que fez, não luxuosa como outras que por ali passaram (prefiro não comentar), mas com perfeição, harmonia e sentimento de vitória e realização nos olhos de cada um que desfilava.

A voz de Alexandre Belo nosso intérprete suave e realizada, nos braços abertos da Lú que linda apareceu na RBS(tá bem em nega-branca),no sorriso lindo da Carlinha que até de pé quebrado já desfilou e neste ano levou seu novo nenê para a avenida e claro na apresentação do Mau chamando a escola antes da sirene tocar.

A nossa Impera será campeã? Não sei, mas o espetáculo foi feito. A superação existiu, a comunidade está lado a lado com a escola e nossa vitória já teve início!
Continuo em Caxias torcendo e com certeza na apuração estarei com os olhos vidrados na tv, xingando e vibrando a cada ponto conquistado.

Porque eu sou bem mais feliz desde que aprendi a amar a Imperatriz!